Páginas da História - Guerra das Coreias

Ligeiramente adaptado, o paralelo 38 rasga a península da Coreia e surge-nos como uma ferida que o Tempo ou os Homens não souberam cicatrizar, numa região relativamente pequena, onde os dois blocos mundiais e antagónicos vieram convergir, mudando para sempre o cenário geopolítico asiático e mundial. Ver mais ≫

Racismo no Século XXI

Após um século marcado por confrontos e divisões étnicas e raciais, nomeadamente a Segunda Guerra Mundial ou as guerras pela independência das colónias europeias, e com um palco geopolítico mundial mais estável após a Guerra Fria, a Humanidade encarava o século XXI como um ponto de viragem, no qual se poderia voltar para si mesma com um espírito ressurgido de humanismo. Ver mais ≫

Geopolítica para Totós: Turquia

Com uma história complexa e em constante mudança desde há vários séculos, a Turquia figura-se nos dias de hoje como uma importante potência, quer pela sua localização geográfica estratégica, quer pelo seu papel preponderante na cena política mundial. Ver mais ≫

Eutanásia: E agora? - Respostas

No seguimento da mais recente atividade sobre a Eutanásia desenvolvida pelo Quórum – Fórum Político, neste segundo momento, e tendo já sido colocadas várias questões pela vossa parte, procedemos à publicação de dois vídeos elaborados por cada um dos nossos oradores onde podes, não só ver algumas das tuas questões respondidas bem como também assistir a uma breve intervenção expositiva com duas perspetivas acerca do tema. Ver mais ≫

Eutanásia: E agora? Online

A eutanásia consiste no ato intencional de proporcionar uma morte sem dor nem sofrimento, a um indivíduo com uma doença ou lesão incurável e causadora de sofrimento físico ou psicológico intenso e persistente, antecipada a seu pedido e com o seu consentimento informado, de forma medicamente assistida. Ver mais ≫

Atualidade

Segue-nos no Facebook

Praia

Pedro Poças

"Mas a alma repousa a meditar.
E lentamente se acalmam os sentidos."

Ricos, pobres e assim-assim

Gonçalo Gomes

“A certeza que fica é que sociedades onde existem menos desigualdades económicas e sociais são definitivamente mais estáveis, justas e livres – essa deve ser a nossa meta.

O cinema (e a vida) segundo Gerwig

João Marques

"Nesta tela de sonhos humanos, cada autor expõe uma visão, que bebe das próprias vivências. Se tiver de pensar sobre um, é-me fácil de escolher. Greta Gerwig."

A posteriori

Enquanto estudante de Medicina, procurei sempre estar a par do “mundo lá fora”, porque entendo que ser médico é, em primeiro lugar, ser cidadão e ser humano. Anos mais tarde, é uma satisfação enorme encontrar um projecto como o Quórum que procura cumprir o pensamento de Abel Salazar: “o médico que só sabe medicina, nem de medicina sabe”. Parabéns a quem organiza este projecto e obrigado por me convidarem para participar, por via digital, num debate sobre um tema tão atual (eutanásia), em tempos de pandemia.

Doutor Bruno Maia

Neurologista e Intensivista no Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central. Coordenação do Movimento Cívico “Direito a Morrer com Dignidade”. Co-autor do livro "Morrer com dignidade - a decisão de cada um"

Gostaria, antes de mais, de dizer que apreciei muito a palestra em que participei aqui há uns dias. Felicito-os de novo pela iniciativa.
Quanto ao Quórum, apesar de ter conhecido apenas recentemente, apreciei a capacidade de chamar os estudantes universitários para a discussão dos grandes temas da atualidade, temas que moldarão o futuro comum e que exigem de todos, e também dos estudantes, uma participação ativa e informada.

Prof. Doutor Manuel Fontaine

Diretor da Escola do Porto da Faculdade de Direito - Universidade Católica Portuguesa

Para mim, a participação numa das palestras organizadas pelo Quórum foi gratificante. Fui falar de Geopolítica para Totós, mas encontrei um anfiteatro cheio de futuros médicos interessados nos problemas do mundo. Não encontrei um só Totó!

Prof. Doutor José Milhazes

Comentador Político da SIC, Antena 1 e Observador

Trata-se dum projecto cultural multifacetado, abrangendo diversas áreas culturais, abrangente, destinado a todos os discentes da Universidade.
Há uma participação interessante e activa que demonstra a mais valia deste projecto que deve ser ajudado e acarinhado. Parabéns à equipa organizadora.

Prof. Doutora Elvira Mea

Vice-Presidente do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto

A iniciativa Quórum Fórum Político é uma experiência muito interessante, pois é uma das raras instâncias de interdisciplinaridade e cruzamento de saberes que conheço na Academia portuguesa e que é patrocinada pelos estudantes. Ela contempla a participação de especialistas e profissionais de prestígio do mundo político, económico e social para debater questões importantes da atualidade. Tive muito gosto em participar por duas vezes como oradora nesta iniciativa. Encontrei um público interessado e preparado para debater questões tão específicas, como a guerra na Síria e o conflito israelo-palestiniano. Num mundo atual, onde a multidisciplinaridade, a especialização e a necessidade de informação e formação são essenciais à prática clínica, este tipo de fora enriquece o currículo dos futuros médicos e reforça a sua dimensão humanista>

Prof. Doutora Maria do Céu Pinto

Directora do Núcleo de Investigação em Ciência Política e Relações Internacionais

Contacta-nos!

6 + 9 =

 

AEFMUP

Alameda Prof. Hernâni Monteiro, Hospital de S. João, Piso 01, 4200-319 Porto